A Matemática de M.C.Escher


As obras de M.C.Escher, o artista gráfico que muitos dizem ter alma de matemático, continuam a apaixonar o mundo. Para dar a conhecer a sua obra, a Sociedade Portuguesa de Matemática concebeu a exposição “A Matemática de M.C. Escher”.

Maurits Cornelis Escher (1898-1972) nasceu na Holanda, mais precisamente em Leeuwarden. Depois do secundário pensou seguir arquitectura, mas o conhecimento travado com Samuel de Mesquita guiou-o na direcção do Desenho. Canhoto, tal como Miguel Ângelo e Leonardo da Vinci, especializou-se no desenho de espaços impossíveis e na criação de ilusões de óptica através do uso da perspectiva, divisão regular do plano, geometria hiperbólica e topologia. Escher não tinha grande treino matemático, no entanto trocou correspondência com matemáticos, como os ingleses Harold Scott MacDonald Coxeter e Roger Penrose, de forma a aperfeiçoar o seu trabalho.

“A Matemática de M.C.Escher” conta com algumas reproduções digitais gentilmente cedidas pela Fundação Eugénio de Almeida, em Évora.

A Sociedade Portuguesa de Matemática pode disponibilizar a exposição, mediante pedido, a escolas, bibliotecas ou outras entidades que promovam a divulgação científica. Para solicitar a exposição ou pedir informações deverá entrar em contacto com o gabinete de comunicação da SPM através do e-mail imprensa@spm.pt.
 

Conheça a exposição

 

Ficha técnica:

Conteúdos Catarina Santa-Clara, Margarida Matias Pinto, Pedro J. Freitas
Design Gráfico Atelier Santa Clara, Design e Comunicação
Agradecimentos Fundaçao Eugénio de Almeida; M. C. Escher Foundation