Francês Yves Meyer vence Prémio Abel 2017

A Academia das Ciências e Letras Norueguesa atribuiu hoje o Prémio Abel 2017 ao matemático francês Yves Meyer. Na opinião do júri, Yves Meyer “foi o líder visionário no desenvolvimento moderno da Teoria de Wavelets, na intersecção da matemática, da tecnologia da informação e da ciência de computação”.

A análise de wavelets tem sido aplicada numa ampla variedade de áreas, como compressão de dados, redução de ruído, imagens médicas, arquivo, cinema digital, deconvolução das imagens do telescópio espacial Hubble e a recente deteção de ondas gravitacionais LIGO.

Yves Meyer, 77 anos, da École Normale Supérieure Paris-Saclay, inspirou uma geração de matemáticos. O seu colaborador na Teoria de Wavelets, Stéphane Mallat,  chama-lhe "visionário", e afirma que o seu trabalho não pode ser rotulado como matemática pura ou aplicada, nem  ciência da computação, mas simplesmente ser chamado de "incrível".

O matemático francês sucede ao britânico Andrew J. Wiles, vencedor do Prémio Abel em 2016, depois de já ter sido distinguido com o Prémio Salem, em 1970, e com o Prémio Gauss, em 2010.
 
Este prémio, que é o maior galardão matemático, equivalente ao Prémio Nobel, é atribuído anualmente, desde 2003, e confere um prémio monetário de cerca de 675 mil euros. A cerimónia de entrega do prémio decorrerá no dia 23 de maio, em Oslo.

 

Página oficial do Prémio Abel:
http://www.abelprize.no/


Fotografias do premiado disponíveis em:
http://www.abelprize.no/c53748/bildearkiv.html?site_id=45159

Contactos Prémio Abel 2017:
Nicolas Vayatis, Leader of the Centre de Mathématiques et de Leurs Applications (CMLA)
E-mail: vayatis@cmla.ens-cachan.fr
Tel: +33 - (0)1 47 40 59 27


Para mais informações, contactar:
Gabinete de Imprensa da SPM: Ana Figueiredo, 217 939 785 / 933 478 494, imprensa@spm.pt



Publicado/editado: 21/03/2017