Historial

O Seminário Nacional de História da Matemática foi fundado em janeiro de 1988, no seguimento das comemorações do bicentenário do falecimento do distinto matemático português José Anastácio da Cunha (1744-1787), as quais se realizaram em vários pontos do País, nomeadamente em Coimbra, Évora e Lisboa. Conscientes de importantíssimas lacunas no que dizia respeito à divulgação e investigação em História da Matemática no nosso País, e muito em especial no que dizia respeito à Matemática Portuguesa, membros das Universidades de Lisboa, Coimbra, Porto e Minho decidiram criar uma estrutura adaptada às circunstâncias que promovesse a elaboração de uma rede nacional de contactos entre os interessados e investigadores em História da Matemática, e simultaneamente promovesse a colaboração e intervenção em temas nessa área.

Não foi esquecida a importante necessidade de integração na comunidade internacional dos historiadores da Matemática, evidenciada pela presença em todos os Encontros Nacionais de investigadores de outros países. Desde meados dos anos 90 o Seminário passou a constituir uma secção da Sociedade Portuguesa de Matemática. Para além dos Encontros Nacionais, desde 1993 o Seminário tem mantido uma colaboração com os investigadores brasileiros de História da Matemática, tendo conjuntamente organizado Encontros Luso-Brasileiros de História da Matemática, com publicação das respetivas Atas, com exceção  das do 3.º Encontro (as do sétimo Encontro têm publicação prevista para 2017). Em todos os Encontros com exceção do 4.º foram tidas em conta duas vertentes, igualmente importantes, dos objetivos do SNHM: a divulgação e a investigação, pelo que nesses Encontros houve sempre a inclusão de conferências sobre temas de investigação, a par de outras mais generalistas, bem como a realização de mini-cursos. O 4.º Encontro, realizado em 2004 no Brasil, teve uma matriz diferente. Considerando que o número de investigadores em História da Matemática nos dois países tinha aumentado significativamente desde a organização do primeiro Encontro, em 1993, foi considerado benéfico para a mobilização desse mesmo corpo de investigadores organizar um Encontro totalmente dedicado a temas de investigação em História da Matemática.