Portugal conquista duas medalhas de prata e duas de bronze nas Olimpíadas Ibero-Americanas de Matemática

.

As XXXVI Olimpíadas Ibero-Americanas de Matemática (OIAM) chegaram ao fim este sábado, 23 de outubro. Este ano as OIAM foram organizadas pela Costa Rica e, tal como no ano passado, também estas Olimpíadas decorreram exclusivamente online. Portugal saiu da competição com duas medalhas de prata e duas de bronze.

Tiago Marques e Tiago Mourão, ambos de Santa Maria da Feira e alunos do 12.º ano, arrecadaram as duas medalhas de prata. Mariana Costa (12.º ano, Vila Real) e Eduardo Guerreiro (12.º, Olhão) conquistaram as medalhas de bronze.

A equipa portuguesa realizou as provas na Universidade de Coimbra, nos dias 19 e 20 de outubro. Além dos alunos, fazem ainda parte da equipa Joana Teles, capitã de equipa, António Salgueiro, tutor da equipa, e Alfredo Costa, observador que colaborou na correção e classificação das provas. Todos são professores do Departamento de Matemática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.

Portugal participou pela primeira vez na Olimpíadas Ibero-Americanas de Matemática em 1994 e, desde então, já conquistou oito medalhas de ouro, 24 de prata e 39 medalhas de bronze.

A participação de Portugal nas OIAM é organizada pela Sociedade Portuguesa de Matemática e a preparação dos alunos é assegurada pelo Projeto Delfos, do Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra. O Ministério da Educação, a Ciência Viva, o Novo Banco e a Fundação Calouste Gulbenkian apoiam a realização das Olimpíadas.

 

Publicado/editado: 25/10/2021