Medalhas Fields 2018 atribuídas no Rio de Janeiro

.

 

Já são conhecidos os vencedores da Medalha Fields 2018, atribuídas durante a cerimónia de abertura do Congresso Internacional de Matemática (ICM), a decorrer no Rio de Janeiro, de 1 a 9 de agosto. Os mais recentes galardoados são: o alemão Peter Scholze, o indiano Akshay Venkatesh, o italiano Alessio Figalli e o iraniano Caucher Birkar. A Medalha Fields é o mais importante prémio em matemática e é atribuído de quatro em quatro anos pela União Matemática Internacional desde 1936. 

Infelizmente, apenas alguns minutos depois de conquistar a medalha, Caucher Birkar viu a sua medalha roubada dentro do local do evento. O iraniano tinha deixado a medalha dentro da sua pasta numa mesa durante a cerimónia. A medalha, feita de ouro, corresponde a um valor de mais de 4 mil euros.

Caucher Birkar nasceu em 1978, na província curda de Marivan, no Irão. É um especialista em geometria algébrica da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. Após o bacharelado em matemática na Universidade de Teerão, o investigador mudou-se para o Reino Unido, onde se tornou cidadão britânico. Em 2004, concluiu o PhD na Universidade de Nottingham, com a tese "Tópicos da geometria algébrica moderna".

 

Alessio Figalli nasceu em 1984, em Nápoles. É investigador da Escola Técnica Federal de Zurique, na Suíça. Descobriu a matemática tardiamente, até  ao ensino secundário o seu maior interesse era o futebol.  Mas treinar para a Olimpíada Internacional de Matemática despertou-o para o tema e, ao ingressar na Scuola Normale Superiore di Pisa, escolheu o curso de matermática. Em 2007, concluiu o doutoramento na École Normale Supérieure, de Lyon, em França. Figalli é especialista em equações diferenciais parciais e cálculos de variações.

Peter Scholze de apenas 30 anos, nasceu na cidade de Dresden e é considerado hoje pela comunidade científica um dos matemáticos mais influentes do mundo. É investigador na Universidade de Bonn, onde se tornou professor titular com apenas 24 anos. Scholze concluiu a licenciatura e o mestrado em tempo recorde, apenas cinco semestres, e começou a ganhar notoriedade aos 22 anos, depois de simplificar uma complexa prova matemática da teoria dos números de 288 páginas para apenas 37. Ele é especialista em geometria algébrica aritmética.

Akshay Venkatesh nasceu em Nova Déli, na Índia, em 1981, e cresceu na Austrália. Aos 12 anos conquistou uma medalha da Olimpíada Internacional de Matemática. Aos 13 anos, ingressou no bacharelado em Matemática e Física na Universidade de Western Austrália. Aos 20 anos, terminou o PhD na Universidade de Princeton e tornou-se professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts. Desde os 27, Venkatesch é professor da Universidade de Stanford, nos EUA. É especialista em teoria dos números.

Publicado/editado: 03/08/2018