Olimpíadas Ibero-Americanas terminam com uma medalha de ouro e duas de prata para Portugal

.

Embora a cerimónia de encerramento das 33.ªs Olimpíadas de Ibero-Americanas de Matemática (OIAM) só tenha lugar ao fim da tarde já são conhecidos os vencedores. Portugal, Espanha, Argentina e Brasil conquistaram as medalhas de ouro do certame. O aluno melhor qualificado na tabela é espanhol, no entanto, a equipa que somou mais pontos foi a Argentina. Na competição participaram 22 países e 80 alunos.

A decorrerem entre Monte Gordo e La Rábida desde o dia 21 de setembro, as OIAM atribuíram no total sete medalhas de ouro, 19 de prata e 22 de bronze. Pedro Moreira Fernandes (Pombal, 12.º ano) é o responsável pela medalha de ouro portuguesa. Kevin Luiz Ponte Pucci (Chaves, 11.º ano), e Rodrigo Tuna de Andrade (Matosinhos, 11.º ano) conquistaram as medalhas de prata. Ana Sofia Silva Guerreiro (Loulé, 12.º ano), o elemento feminino da equipa, foi distinguido com uma Menção Honrosa, atribuída a quem tenha uma pergunta com a pontuação máxima.

A cerimónia de encerramento decorrerá hoje, 28 de setembro, pelas 19h00 (hora local), no Foro Iberoamericano de La Rábida, onde, além das medalhas, será também entregue a Taça Porto Rico, atribuída à equipa que registou o maior progresso ao longo das últimas três edições.

A decorrer de ambos os lados do Guadiana, a competição é pela primeira vez uma organização conjunta da Sociedade Portuguesa de Matemática e da Real Sociedad Matemática Española.

Portugal já foi anfitrião das Olimpíadas Ibero-Americanas de Matemática em 2007, em Coimbra. Foi neste ano que João Guerreiro conquistou a primeira medalha de ouro portuguesa na competição. Portugal participou pela primeira vez nas OIAM em 1990 e, desde então, já conquistou oito medalhas de ouro, 19 medalhas de prata e 37 de bronze.

A participação de Portugal nas OIAM é organizada pela Sociedade Portuguesa de Matemática e a preparação dos alunos é assegurada pelo Projeto Delfos, do Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra. O Ministério da Educação, a Ciência Viva, o Novo Banco, a Fundação Calouste Gulbenkian e a Pathena apoiam a realização das Olimpíadas.

Os alunos que queiram vir a ocupar um lugar nas equipas que representam Portugal nas competições internacionais deverão começar por participar nas XXXVII Olimpíadas Portuguesas de Matemática (OPM). As inscrições estarão abertas a partir da próxima semana em http://www.olimpiadas.spm.pt.

Local:
Monte Gordo e La Rábida
 
Datas importantes:
21 de setembro - Chegada das delegações
24 de setembro | 16h00 - Cerimónia de abertura em Vila Real de Santo António (Portugal)
25 e 26 de setembro - Realização das provas
28 de setembro | 19h00 (hora local) - Cerimónia de encerramento no Foro Iberoamericano de La Rábida (Espanha)
29 de setembro – Partida das delegações

Países Participantes:
Angola, Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Equador, Espanha, Guatemala, Honduras, México, Moçambique, Panamá, Paraguai, Portugal, Porto Rico, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

Para mais informações, contactar:
Gabinete de Imprensa da SPM: Ana Figueiredo, 933 478 494, imprensa@spm.pt
Coordenador Geral das Olimpíadas: Prof. Luís Merca Fernandes, 914 591 305, luism@ipt.pt
Responsável da Direção da SPM: Prof. Joana Teles, Responsável da Direção da SPM: Prof. Joana Teles, 919339262, jteles@mat.uc.pt

 

Publicado/editado: 28/09/2018