Prémio António Aniceto Monteiro – Prémio de Matemática SPM-Unilabs

A Sociedade Portuguesa de Matemática e a Unilabs anunciam a abertura da primeira edição do Prémio António Aniceto Monteiro que visa reconhecer e motivar ainda mais a excelência da investigação matemática nacional, galardoando um(a) matemático(a) de nacionalidade portuguesa e com menos de 40 anos de idade que se tenha distinguido por uma contribuição significativa para o desenvolvimento da disciplina.
 
O prémio é nomeado em homenagem a António Aniceto Monteiro, que foi um dos fundadores da SPM e da Portugaliae Mathematica. O seu trabalho de investigação é considerado como um testemunho de uma era e de uma vida extraordinárias. O seu ensaio modernista “Ensaio sobre os fundamentos da Análise Geral”, publicado pela Academia de Ciências de Lisboa, em 1939, é um exemplo das ideias precursoras que inebriaram a sua geração e instigaram o progresso da investigação em Portugal.

O período de apresentação de candidaturas à primeira edição do prémio inicia-se a 1 de Março e termina a 31 de Março de 2022.

O prémio consiste num galardão desenhado para o efeito e numa quantia pecuniária de 5.000 euros.

Nesta edição, o júri será constituído pelas seguintes individualidades, elencadas por ordem alfabética do primeiro nome:

André Neves (University of Chicago)
Georgia Benkart (University of Wisconsin)
Irene Fonseca (Carnegie Mellon University)
Marcelo Viana (IMPA)
Martin Hairer (Imperial College)

 
A candidatura pode ser apresentada por qualquer indivíduo de nacionalidade portuguesa, cuja data do seu quadragésimo aniversário seja posterior a 31 de Dezembro de 2022. Para formalizar a candidatura, o(a) candidato(a) deve enviar uma mensagem por correio eletrónico para o endereço spm@spm.pt, com conhecimento para jmfreita@fc.up.ptdirigida ao vice-presidente da SPM, em que figure o nome do candidato(a) e onde conste uma indicação explícita da sua intenção de se candidatar ao prémio, anexando os seguintes documentos:

a)  Uma cópia de um documento de identificação que ateste a nacionalidade portuguesa e a data de nascimento;

b)  Um curriculum vitae atualizado com um máximo de 10 páginas A4, com tamanho de fonte de 12 pontos, escrito em língua inglesa;

c)   Uma carta com um máximo de duas páginas A4, onde conste um breve resumo do(s) resultado(s) mais relevante(s) obtido(s) pele candidato(a), assim como, uma sucinta descrição do seu impacto e das razões pelas quais se consubstancia uma contribuição significativa para o avanço da Matemática. Este documento deve ser redigido em língua inglesa.

d)  Cópias digitais de até um máximo de 3 trabalhos, considerados mais relevantes e ilustrativos do desenvolvimento da disciplina promovido pelo(a) candidato(a) e descrito na carta referida no item anterior. A apresentação dos ditos trabalhos é dispensada desde que a carta inclua ligações para repositórios de acesso universal, onde os membros do júri possam descarregar as referidas obras em formato digital.    
 
Consulte o REGULAMENTO.